36 perguntas com Bruna Sturz

Vem conhecer o universo fotográfico de Bruna Sturz, que usa a lente para transmitir os sentimentos despertados por cada lugar que passa. São 36 perguntas sobre ela, seu trabalho e sua visão do mundo para se conectar com as imagens potentes que ela cria com uma máquina na mão.



Sobre o trabalho artístico


1.

Com qual nome você assina suas obras?

Bruna Sturz.


2.

Este é um nome artístico?

Mais ou menos.


3.

Se sim, de onde surgiu este nome?

Vem de Sturzbecher, nome da minha família por parte de mãe.


4.

O que te inspira?

Entre muitas coisas, os sentimentos. É isso que tento sempre retratar.

5.

O que te move a fazer arte?

Aquilo que está dentro de mim e que tento colocar em qualquer arte que faço.


6.

Qual a característica do seu trabalho que mais te agrada?

A forma como consigo retratar os lugares que passei, do jeito que estão na minha mente.


7.

O que te bloqueia criativamente?

Sabe que não sei dizer o que é?

O bloqueio às vezes é inevitável e simplesmente acontece. Diria que quando meus sentimentos estão muito "emaranhados", não consigo soltar nada pra fora e consequentemente a arte não sai.

8.

Em que situação você é mais criativo?

Quando estou na estrada, viajando.


9.

Qual foi seu primeiro contato com a arte?

Eu tinha 12 anos e ganhei minha primeira câmera fotográfica. As vezes colocava amigos e primos pra posar pra mim.


10.

O que você busca representar na sua arte?

Os lugares que conheço e principalmente os sentimentos que eles me trazem.

11.

Quando você se descobriu artista?

Não tem uma data certa, porém, desde pequena fazia teatro, pintava, desenhava e acho que foi por aí que começou.


12.

O que o você de hoje diria para o você do momento dessa descoberta?

Continue. É disso que você precisa pra passar por seus piores momentos e pra celebrar os melhores também.

13.

Você é mais produtivo sozinho ou com companhia?

Sem dúvida nenhuma, sozinha.


14.

Como é sua rotina de trabalho?

Tenho períodos onde estou mais ativa do que outros. Mas quando tenho um projeto novo, fico ocupada com ele 24/7.


15.

Qual sua ferramenta de trabalho favorita?

Máquina fotográfica. :)





Sobre a artista


16.

Qual a sua ideia de felicidade?

Essa ideia mudou muito ao longo dos anos. Hoje me sinto feliz no campo, longe das cidades grandes, numa casinha bem afastada.


17.

Qual seu maior medo?

Não conseguir me expressar através da minha arte.


18.

Qual talento você mais gostaria de ter?

Queria cantar, hehehe.


19.

Qual a sua característica mais marcante?

Sou uma pessoa determinada e corro atrás das coisas que acredito.


20.

Qual qualidade você mais admira em você?

Minha criatividade.


21.

Qual gíria ou expressão não sai da sua boca?

Hoje em dia é "a pifaizer". hahahahahaha


22.

O que considera sua maior conquista?

Ter realizado meu sonho de mudar pra São Paulo (sou do interior o Rio Grande do Sul) e ter morado lá por 10 anos.


23.

Qual o seu pertence mais estimado?

Pode ser um pertence vivo? Meus gatos, Panqueca e Polenta.


24.

Qual seu prazer culposo*? (*Guilty pleasure: Um prazer culposo é uma mania ou um hobbie de que gostamos apesar de acharmos que outras pessoas vão achar estranho ou bobo.)

Eu amo as Kardashians, sei tudo sobre elas. hahahahaha


25.

Qual livro ou filme impactou positivamente sua vida?

O Fabuloso Destino de Amélie Poulain.


26.

Qual superpoder você gostaria de ter?

Estar aonde eu quisesse, quando eu quisesse.


27.

Em que ocasião você mente?

Quando tenho medo de encarar verdades, mas isso acontece bem pouco.


28.

Qual é sua maior extravagância?

Sendo bem sincera sou bem extravagante na minha arte, tenho que sempre ter tudo em mãos e não meço esforços pra gastar com isso.


29.

Qual sua ambição?

Ter um dia minha arte exposta na galeria Fotografiska, em Estocolmo.




Sobre os outros


30.

Que virtude você considera superestimada?

Sinceridade acima de tudo. Nem tudo que pensamos precisa ser ouvido.


31.

Que pessoa viva você mais admira?

Minha mãe.


32.

Com qual artista morto você gostaria de bater um papo?

Cartier-Bresson talvez? Ou a Lady Di. Hehehe


33.

Com qual artista vivo você gostaria de bater um papo?

Felizmente esse feito eu já alcancei: Gal Oppido.




Para finalizar


34.

Qual ensinamento você gostaria de passar para outros artistas?

Que a criação vem de dentro da gente e que ninguém deve ser pressionado a criar para números em redes sociais.

35.

O que você aprendeu com outros artistas?

A ter paciência e respeitar meu processo e visão de mundo. Acima de tudo, a encontrar minha voz.


36.

O que você quer deixar de legado?

Minha arte, meus processos artísticos e meus sentimentos.


Todas as fotografias usadas para retratar este post são de autoria de Bruna Sturz. Veja todas as obras da artista disponíveis na nossa loja online.